Resgate do espaço público: a nova cara do Largo da Concórdia

Imagem antes
Imagem depois

Em 2005, quando assumi a Subprefeitura da Mooca durante a gestão do prefeito José Serra, conheci a situação degradante em que os ambulantes do Brás e as consequências para os moradores e comerciantes da região.

O Largo da Concórdia representava o maior símbolo de ocupação irregular da cidade. Havia problemas relacionados à segurança, com um ambiente de violência, exploração e degradação que dominava o entorno. Percebi que era necessário buscar alternativas para esse tipo de atividade. Além disso, era fundamental devolver a praça ao povo de São Paulo.

As alternativas foram encontradas a partir dos shoppings populares na própria região. O local foi revitalizado com muita batalha. Um banheiro público foi construído em parceria com os lojistas da região, e o ambiente voltou a ser acolhedor.

A revitalização da praça, ocorrida em 2006, está preservada e voltou a oferecer área verde e local de descanso para milhares de pessoas que passam por ela diariamente. O Largo da Concórdia, símbolo da nossa cidade, voltou a ter uma posição de destaque.